Deputado federal pagou ligações para disque sexo

O deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS) é réu em um processo no Supremo Tribunal Federal com pedido de condenação pelo Ministério Público Federal por utilizar-se de bens ou rendas públicas em proveito próprio ou alheio, em 1997, quando ocupava a prefeitura de Santa Cruz do Sul (RS).

Na acusação, o MPF afirma que até contas de ligações para números de “conteúdo pornográfico”, conhecidos como disque-sexo, eram pagas com dinheiro público. O deputado afirma que o telefone era de um armazém, que pertenceu a seu pai no passado, e que não tinha como controlar as ligações.

Deputado federal pagou ligações para disque sexo

Moraes é relator no Conselho de Ética da Câmara do caso de Edmar Moreira (sem partido-MG). Ele ganhou espaço após dizer que Moreira é “boi de piranha” e fazer ataques à imprensa. Ele disse estar se “lixando” para a opinião pública e afirmou que a imprensa “bate”, mas ele “sempre se reelege”. Nesta quinta-feira (7) ele retornou ao plenário para reafirmar suas posições e fez ataques a uma repórter do jornal O Globo.

É pra rir ou chorar??



0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade para expressar sua opinião =].