Amy Winehouse não morreu de overdose

Amy Winehouse


Ela estava limpa! Sim, o exame toxicológico feito em Amy Winehouse revelou que a cantora realmente não necessitava mais ir para a “rehab”. Os médicos concluíram que ela não havia consumido nenhum tipo de substância ilegal antes de falecer no dia 23 de julho.

Chris Goodman, representante da família, enviou um comunicado para a imprensa, afirmando que as análises somente encontraram a presença de álcool, mas não se sabe se esse realmente foi o motivo que levou Winehouse ao óbito. Seus pais agora esperam pelos resultados finais da autópsia para que seja descoberto a real causa da morte da cantora. Veja trecho do comunicado:

“Os resultados dos exames toxicológicos entregues para a família Winehouse pelas autoridades confirmaram que não haviam substâncias ilegais no organismo de Amy no momento de sua morte.”

Segundo uma entrevista com Amy, a musa havia deixado as drogas em 2008, mas seu pai contou após seu falecimento que ela ainda lutava contra seu vício alcoólico.








0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade para expressar sua opinião =].