Por onde anda o Zina do Pânico / Onde ele está / Fora da Rede TV

Por onde anda o Zina do Pânico / Onde ele está / Fora da Rede TV
Marcos da Silva Heredia, mais conhecido como Zina, o criador do bordão "Ronaldo" do Pânico na TV. Zina era um simples guardador de carros, até que teve a oportunidade que muitos almejam em se transformar em uma celebridade nacional. Sua primeira aparição no programa foi quando o repórter Alfinete entrevistava pessoas na Praça Charles Miller sobre a contratação do futebolista Ronaldo Luís Nazário de Lima por parte do Sport Club Corinthians Paulista. E um destes entrevistados foi Marcos, que respondeu à câmera somente as palavras "Ronaldo. Ronaldo, e brilha muito no Corinthians".Isto aconteceu em janeiro de 2009. Mas algumas semanas depois, o Pânico na TV começou a exibir Marcos falando somente Ronaldo, o que foi interpretado pelo entrevistado como uma forma de deboche de sua pessoa. Ele solicitou a indenização de R$ 232,5 mil no dia 22 de maio.
O processo continuou aberto até o dia 28 de junho, quando foi cancelado, após Zina aparecer pela primeira vez no palco do programa e assinar um contrato. Desde esta data, começou a fazer matérias com Alfinete e Sabrina Sato, geralmente em matérias relacionadas ao seu time, o Corinthians, e a seu bairro, o Jardim Panamericano bem como o time de várzea de lá, a Xurupita. Por ser um morador de origem humilde, recebeu uma casa de presente da produção, na verdade, fazia parte do acordo judicial para extinção do processo. Além disso, conheceu , o Pacaembu e o Maracanã. Mas o rapaz não soube approveitar a maré boa.
Pouco tempo depois, ele foi detido por posse de cocaína. Foi liberado após pagar fiança, e voltou a equipe do programa. Mas, no dia 16 de janeiro de 2010, foi preso novamente desta vez por porte ilegal de arma. Ele foi solto no dia 5 de fevereiro, mas não regressou ao programa. Mesmo assim, o rapaz, portador de transtorno mental, continua recebendo salário mensal de R$ 2.000.
Apesar de não ter intenção de demiti-lo, o canal não pretende colocá-lo novamente no ar. São poucas as pessoas que têm a sorte grande como ele teve de se tornar uma pessoa pública do dia para noite e não soube valorizar, outros batalham a vida toda e não conseguem a fama que deseja.
Utilizou vários bordões que se tornaram célebres, entre eles:

...Ronaldo! Foi o bordão que caiu no gosto do povo.
Brilha muito no Corinthians!
Topo, topo, topo porque não.
Vamo cair pra dentro.
Nós vamos, nós vamos.
Mandar um salve para o Sub-20 da Xurupita e a Pizzaria Pôr-do-Sol (time de futebol de várzea e pizzaria da região, respectivamente)
Rodo a baiana, tiro o sutiã e dou tetada
Rumo a Tóquio.





0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade para expressar sua opinião =].