Cão policial fica viciado em cocaína

Cão policial fica viciado em cocaína

O cachorro Rinti, do grupamento de cães da Polícia Federal do Rio de Janeiro, sempre foi um policial exemplar. Ele atuava principalmente no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, descobrindo cocaína escondida na bagagem de passageiros que embarcavam para a Europa. Veterinários começaram a perceber que Rinti ficava cada vez mais nervoso em seus dias de folga. O que parecia ser dedicação extrema ao trabalho revelou-se uma surpresa: de tanto cheirar cocaína, Rinti está viciado.






“Ele fica agressivo quando folga. Na semana passada atacou uma agente, o que é intolerável neste tipo de serviço”, disse Fernando Vasques, diretor do núcleo de cães farejadores da PF. O veterinário suspeita que Rinti já desenvolveu o vício há muito tempo, já que há quatro anos ele era o campeão de apreensões.


Fonte:(Sensacionalista)



2 comentários:

  1. Doooooooooooooorrrrrgas Manoooooooooolo!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Fique a vontade para expressar sua opinião =].