Veja rua com casa no meio e mais bizarrices que só acontecem na China

Em Taiyuan, prédio começou a ser construído com túmulo no meio. Em Wenling, dono recusou oferta e prédio foi deixado no meio de estrada.

Passagem obstruída
Os donos de uma casa que permanece no meio de uma avenida construída em uma área residencial na cidade de Nanning, na região autônoma de Guangxi Zhuang, na China, se negam a demolir a residência há mais de uma década

Casa é vista no meio de avenida em Nanning, na região de Guangxi Zhuang, China (Foto: REUTERS/Stringer)


Túmulo à vista
Apóas longo impasse, um túmulo que ficava no meio de um prédio em construção em Taiyuan, na China, foi removido em 2012. Quatro caixões foram utilizados para remover os restos mortais de um homem que estava enterrado no local


Túmulo ficava em meio a prédio em construção na China (Foto: Reuters)


'Rotatória'
Em 2012, um pequeno prédio foi deixado no meio de uma estrada recém-construída em Wenling, na província de Zhejiang, na China. Um casal de idosos havia se recusado a assinar um acordo para permitir a demolição da residência




Casal de idosos se recusou a assinar um acordo para permitir a demolição da residência (Foto: China Daily/Reuters)

'Carro sem dono'
Um prédio foi demolido em torno de "carro sem dono" em Taiyan, na província chinesa de Shanxi. O local era utilizado como estacionamento de uma companhia, e o dono de um veículo não foi encontrado pela demolidora para retirá-lo

Após 10 dias tentando encontrar o dono do carro, a empresa decidiu continuar demolição do prédio com o veículo estacionado  (Foto: Reuters) 
Após 10 dias tentando encontrar o dono do carro, a empresa decidiu continuar demolição do prédio com o veículo estacionado (Foto: Reuters)

Isolado
Em 2007, depois que uma família não aceitou fazer acordo para sua demolição, um prédio ficou isolado em meio a uma obra em Chongqing, na China. O bairro em que o edifício se encontrava havia sido demolido, mas o dono recusou oferta.


Prédio ficou isolado após dono recusar oferta para demoli-lo em Chongqing (Foto: Mark Ralston/AFP)

Via | G1

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade para expressar sua opinião =].