Escolhas do mês de dezembro

Se você tivesse direito de escolha, de quem fugiria prioritariamente no mês de dezembro?
A) Do parente emotivo e piadista que cisma em agregar a família com amigo oculto, tentando reconciliar gente que se detesta há três gerações.
B) Da tia que anuncia no Natal a proximidade da própria morte e estraga a ceia. A frase “ano que vem acho que não estarei mais aqui” é a preferida da personagem, que costuma enterrar a família inteira.
C) Dos bebuns que tomam em um mês os porres que não tomaram o resto do ano. Eles se dividem em categorias: sensíveis, dramáticos, ressentidos, violentos e oradores inflamados.
D) Dos funcionários que se soltam na festa da firma. Bebem, dançam o som da moda, ameaçam tirar a roupa e terminam vomitando em alguém.
E) Do chato com voz de trovão; aquele que atrapalha o jantar de todo mundo narrando o amigo oculto como se fosse um comício: “Eu acho que sei quem ela tirou! Quem? Quem?!”
F) Do homem-lista; aquele que te constrange com listas para auxiliar o Natal do entregador de jornais que você não assina, da manicure que nunca fez sua unha, do papa-defunto, do guardador de carro (mesmo que você não tenha carro), etc.
G) Do padre cantor; aquele sacerdote até então desconhecido, depilado e com gel no cabelo, que vira subitamente astro pop ao gravar Então é Natal, fazendo releitura da Simone, ao lado de um coral de crianças.
H) Das pessoas que respondem ao chato da letra E.
I) Você é um dos personagens acima listados.

0 comentários:

Postar um comentário

Fique a vontade para expressar sua opinião =].